Polícia Civil conclui inquérito e indicia acusado de matar radialista no Sertão

198

O delegado Gilson Melo, titular do 35° DP (Distrito Policial) de Olho D´água das Flores, informou na manhã desta sexta-feira (19), que a Polícia Civil esclareceu e concluiu o inquérito que investigou o homicídio praticado contra o radialista Josevânio Ferreira.

De acordo com as investigações, Wellington Barbosa de Melo, 20 anos foi o autor dos disparos que mataram Josevânio. O acusado, que já tem passagem por tráfico de drogas, agora vai responder por homicídio qualificado.

“J. Ferreira”, como era conhecido o radialista, de 43 anos, foi morto quando chegava à sua residência, no Conjunto Manoel Floriano, periferia de Olho D’Água das Flores, sertão de Alagoas.

Ele foi executado a tiros na noite no dia 10 de maio deste ano, dentro do seu veículo.

Segundo o depoimento do acusado, a motivação para o crime foi uma discussão no trânsito, onde a vítima teria ameaçado de morte o autor.

O delegado Gilson Melo disse que a Polícia Civil conseguiu esclarecer o caso rapidamente. Ele agradeceu o apoio que tem recebido do delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, e do gerente de Polícia Judiciária da Região 4 (GPJR 4), delegado Cícero Lima.

COMPARTILHAR