Ação integrada evita assalto e sequestro de gerente de supermercado na Barra de São Miguel

Quatro suspeitos entraram em confronto com a polícia e quatro armas foram apreendidas

180
(Foto: Arquivo)

Uma ação integrada, deflagrada na noite desta terça-feira (08), conseguiu evitar o sequestro do gerente de um supermercado localizado na Barra de São Miguel e também que o cofre do estabelecimento fosse roubado. A operação contou com a participação de agentes da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) e policiais militares da Radiopatulha. O Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), do Ministério Público do Estado, auxiliou nas investigações.

A Deic vinha investigando o grupo há sete meses e teve a informação de que eles receberam a ordem de integrantes de uma facção criminosa, que se encontram recolhidos no sistema prisional, para praticar a ação.

As investigações apontaram que o grupo iria realizar a ação nesta terça-feira e foi montado um planejamento operacional para impedir a investida criminosa. Os quatro suspeitos estavam em um Gol preto, de placa NMH 1687, quando tentaram sequestrar o gerente do supermercado, porém a vítima conseguiu fugir.

Os policiais da Radiopatrulha tentaram abordar neste momento o veículo com os suspeitos e houve troca de tiros nas proximidades do supermercado. Durante a ação, os suspeitos conseguiram fugir do cerco policial, mas foram interceptados no bairro do Pontal, onde houve novo confronto. Cláudio Barros Nascimento Neto, 22 anos; Jobson Wesley dos Santos Ferreira, 27 anos e Elder da Silva Ferreira, 18 anos, foram atingidos e levados para o Hospital Geral do Estado (HGE), no bairro do Trapiche, mas entraram em óbito.  Um quarto integrante da organização criminosa também morreu no confronto. Ele ainda não foi identificado.

No interior do carro foram apreendidas quatro revólveres caibre 38 e 23 munições. Os suspeitos não foram identificados, mas as investigações revelaram que eles também eram integrantes da facção criminosa.

O material e o procedimento da ocorrência foram lavrados na sede da Deic, no bairro da Santa Amélia.

COMPARTILHAR