Direção da Polícia Civil vistoria obras do DHPP e DRN

Delegado-geral e delegada Adjunta também realizam visita ao curso de formação de agentes

166
Delegados Paulo Cerqueira e Kátia Emanuelly visitam obras do DHPP e DRN

O delegado-geral Paulo Cerqueira e a delegada-geral Adjunta, Kátia Emanuelly, realizaram uma vistoria às obras de construção do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN), da Polícia Civil de Alagoas, na Chã de Bebedouro. O objetivo foi verificar o andamento dos trabalhos que estão bastante adiantados.

A solenidade de assinatura do contrato para construção do complexo de delegacias foi realizada no dia 27 de junho, com as presenças do governador Renan Filho e do secretário de Segurança, Lima Júnior, e do delegado-geral, entre outras autoridades. A obra, iniciada em 8 de agosto, está orçada em R$ 6,3 milhões.

“A construção do DHPP e da DRN vai possibilitar à nossa instituição uma melhor estrutura de trabalho, e assim teremos condições de prestar um serviço cada vez melhor à sociedade alagoana”, disse o delegado-geral Paulo Cerqueira, após a vistoria.

Curso de formação

Paulo Cerqueira e Kátia Emanuelly também visitaram a Academia de Polícia Civil, onde se realiza o curso de formação dos candidatos remanescentes ao cargo de agente de polícia, aprovados na primeira etapa do concurso público instituído pelo Edital n° 1/2012 – PC/AL. “Estamos aqui para lhes dar as boas vindas e dizer que a sociedade e o governo alagoanos esperam muito dos senhores para a melhoria de nossa segurança pública”, disse o delegado-geral.

A delegada Kátia Emanuelly igualmente destacou como importante o ingresso dos futuros agentes para reforçar o trabalho investigativo da polícia judiciária no Estado.

As aulas do curso se referem à segunda etapa do concurso, e constam de disciplinas práticas e teóricas, entre elas, noções de direito penal, processual penal, investigação policial, tiro policial, defesa pessoal, direitos humanos, primeiros socorros e direção defensiva.

Delegado Paulo Cerqueira fala a alunos do curso de formação
COMPARTILHAR