Carnaval 2018: diretores acompanham trabalho das Delegacias de Plantão

Delegado-geral da Polícia Civil definiu que plano operacional tem diretores de plantão para coordenar e supervisionar os trabalhos durante o período carnavalesco

428

O plano operacional da Polícia Civil de Alagoas (PC), elaborado pelo delegado-geral Paulo Cerqueira, possui um cronograma de acompanhamento de todo o desenvolvimento das ações da instituição durante o Carnaval deste ano, nas 27 Delegacias de Plantão.

Todos os dias, durante 24 horas, dois a três diretores estão de plantão para coordenar e supervisionar as atividades desenvolvidas durante o período carnavalesco. Os trabalhos têm inicio às 8 horas, sendo concluído às 8h do dia seguinte, e são acompanhados pelo delegado-geral da PC.

Neste sábado (10), os diretores plantonistas foram os delegados Carlos Reis, gerente de Polícia Judiciária da Região 2 (GPJR 2),  Aydes Ponciano, gerente de Estatística e Informática (Geinfo), e Fábio Costa gerente de Polícia Judiciária da Região 3 (GPJR 3), acompanhados de suas equipes, percorreram diversas delegacias plantonistas no Estado.

O gerente da GPJR 2, delegado Carlos Reis,  esteve nas cidades de União dos Palmares, São José da Laje, Novo Lino, São Miguel dos Milagres e Matriz do Camaragibe.

Delegado Carlos Reis, e equipe da GPJR 2, na delegacia de Novo Lino com a equipe de plantão de Carnaval.

O delegado Aydes Ponciano, gerente da Geinfo, visitou as delegacias plantonistas de Barra de São Miguel, Marechal Deodoro e Central de Flagrantes 1.

Delegado Aydes Ponciano, e equipe da Geinfo, em Marechal Deodoro, com a equipe de plantão de Carnaval.

Delegado Fábio Costa, gerente da GPJR 3, esteve nas cidades de São Miguel dos Campos, Arapiraca, Penedo e Coruripe.

Delegado Fábio Costa, e equipe da GPJR 3, na delegacia de São Miguel dos Campos com a equipe de plantão do Carnaval.

Os diretores conversaram com os delegados, agentes e escrivães sobre o trabalho desenvolvido nas Delegacias de Plantão, e constataram que todos estavam prontos para atender a sociedade e confeccionar todos os procedimentos cabíveis no âmbito da Polícia Judiciária.

De acordo com o cronograma elaborado, neste domingo estão de plantão as diretoras Kátia Emanuelly, delegada-geral Adjunta, Ana Luiza Nogueira, gerente de Polícia Judiciária da Região (GPJR 1), e delegado Mário Jorge Barros, diretor da Gerência de Recursos Especiais (GRE).

Na segunda-feira, 12, os trabalhos de acompanhamento ficam com os diretores Antonio Carlos Lessa, gerente da Academia da Polícia Civil (Gapocal), e Valdeks Pereira, da Corregedoria Geral da Polícia Civil.

E na terça-feira (13), último dia de carnaval, os delegados Cícero Lima, gerente de Polícia Judiciária da Região 4 (GPJR 4), e Francisco Amorim, Superintendente Administrativo e Financeiro da PC, serão os responsáveis em coordenar e acompanhar as atividades das unidades plantonistas do período carnavalesco.

O plano operacional da Delegacia Geral da Polícia Civil também estabeleceu corregedores de plantão todos os dias durante o Carnaval.

Sede administrativa da Polícia Civil de Alagoas

Além das 27 Delegacias de Plantão distribuídas em todo o Estado, o delegado-geral Paulo Cerqueira ainda estabeleceu que nove equipes dos grupos operacionais da Polícia Civil estão equipadas e prontas para agir em situações que necessitem de uma ação de pronto emprego, sendo quatro do Tático Integrado de Grupos de Resgates Especiais (Tigre), uma da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit), e quatro da Asfixia.

A Delegacia Geral da Polícia Civil suspendeu as férias de todos os policiais civis para garantir pessoal suficiente a oferecer a segurança necessária aos foliões. As diárias dos policiais foram creditadas em suas contas bancárias.

“Empregamos mais de 1600 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, para que o Carnaval deste ano também transcorra dentro da normalidade, com muita tranquilidade. Mas, estamos prontos para atuar na eventualidade de qualquer tipo de incidente, pois está é a orientação do secretário de Segurança Lima Júnior, e a determinação do governador Renan Filho”, afirmou o delegado-geral Paulo Cerqueira.

COMPARTILHAR