30 C
Maceió, BR
| 19 de março de 2019 |
Delegacia Geral – Polícia Civil de Alagoas

Agressor de cadeirante tenta enganar polícia se passando por menor

Print Friendly, PDF & Email

Mais uma vez, o serviço realizado pelo Núcleo de Identificação Criminal (NIC), da Polícia Civil, evita que uma pessoa envolvida em ato ilícito engane a ação policial.

Na quinta-feira (6), a Central de Flagrantes 1 realizou o procedimento de flagrante de dois acusados de agressão a um cadeirante, ocorrida no interior de um ônibus, no bairro de Ponta Verde. Alegando ser menor de idade, um deles deu o nome falso de José dos Santos.

O coordenador do NIC, Overlack Moura, informou que, solicitada pelo delegado plantonista, foi feita a identificação criminal e descobriu-se que ele se tratava, na verdade, de Daniel de Jesus Santos, de 18 anos, nascido em 13 de outubro de 2000.

Além disso, foi descoberto ainda que ele já teria cometido outros delitos, como tráfico de drogas e roubo a transeunte em 2016, quando realmente era menor de idade.

Daniel e outro rapaz, identificado como Daniel Gama da Silva, de 18 anos, também acusado de agredir o cadeirante, foram autuados por tentativa de homicídio.

VEJA MAIS

Homem é preso acusado de tentativa de feminicídio no Pilar

ASCOM/PC

Policiais civis prendem homem acusado de tentativa latrocínio

ASCOM/PC

Delegado revela que homicídio ocorrido esta semana em Rio Largo já está esclarecido

ASCOM-PC