29 C
Maceió, BR
| 22 de abril de 2019 |
Delegacia Geral – Polícia Civil de Alagoas

Polícia Civil prende acusado de assassinar militante sindical em São José da Tapera

Print Friendly, PDF & Email
Reginaldo Martins da Silva, vítima do crime ( Foto: Rede Social )

Policiais civis do 38º Distrito Policial de São José da Tapera, coordenados pelo delegado Emanuel David Freitas Viana, prenderam nesta quarta-feira (4), Nataniel Lima do Nascimento, acusado de ter assassinado o militante sindical e técnico de enfermagem Reginaldo Martins da Silva, de 58 anos. A ação contou com o apoio do gerente da Região 4 (GPJ4), delegado Cícero Lima, e de policiais militares do 7º Batalhão da PM.

De acordo com as informações da polícia, Nataniel Lima foi localizado no centro da cidade sertaneja e confessou ter assassinado o militante sindical, morto no último dia 29 de março.

Em seu depoimento, Nataniel admitiu o crime e explicou com riqueza de detalhes como executou a vítima. Ele disse que no sábado, dia que ocorreu o crime, Reginaldo lhe enviou mensagens, convidando-o para tomar umas cervejas em sua chácara, localizada no sítio Craúnas, próximo a cidade e local aonde aconteceu o assassinato.

Ao chegar na chácara, segundo ele, Reginaldo foi alimentar os cachorros e depois eles começaram a beber. O acusado também falou que tinha conhecimento que a vítima era homossexual e que, em determinado momento, Reginaldo teria lhe feito uma “cantada” e tentou agarrá-lo.

Diante da recusa, teria acontecido um desentendimento e o acusado teria percebido que a vítima estava com um canivete no bolso. Teria sido, então, que Nataniel agrediu Reginaldo, aplicando um golpe conhecido como “mata leão”, deixando-o atordoado no chão e voltou para mesa aonde estavam bebendo.

Quando o militante se levantou, teria tentado pegar uma enxada, mas ele teria se antecipado, pegando uma faca e desferido um golpe no pescoço da vítima, tendo Reginaldo caído, sangrando. Ele confessa que aplicou o segundo golpe de faca também no pescoço, matando o técnico de enfermagem.

Após ter cometido o crime, conforme Nataniel, teria quebrado a faca e jogado dentro de um vaso sanitário. Mas arma foi, posteriormente, encontrada no local e apreendida.

Além da confissão de Nataniel, o chefe de operações do 38º DP, Renilson Nunes, disse que a polícia tem outros elementos que já comprovam o encontro dele com a vítima, como um vídeo do acusado entrando no carro de Reginaldo e tentando fugir no mesmo veículo, após cometer o crime.

“Ele só não escapou com o carro da vítima, porque o automóvel atolou. Mas ele ainda conseguiu levar o celular, canivete e R$ 150,00”, informou o agente policial.

A prisão foi em cumprimento a um mandado de prisão temporária, expedido pelo juiz Thiago Augusto Lopes de Moraes.

Nataniel está preso no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de São José da Tapera à disposição da Justiça.

VEJA MAIS

Programa Polícia Capacitada II realiza treinamento na região norte de Alagoas

ASCOM-PC

Feliz Páscoa

ASCOM-PC

Pai que abusava da própria filha desde os seis anos é preso

ASCOM-PC