20 C
Maceió, BR
| 20 de junho de 2019 |
Delegacia Geral – Polícia Civil de Alagoas

Acusado de feminicídio se entrega à Polícia Civil

Print Friendly, PDF & Email
Mulher assassinada

Mário Ferreira dos Santos, apontado como o autor do crime que vitimou a sua amante, estava com mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça, se apresentou espontaneamente ao 11° Distrito Policial de União dia Palmares e confessou ter assassinado Elisângela Maria Barbosa.

O bárbaro crime ocorreu por volta das 20h30, da última sexta- feira dia 31 de maio, ocasião em que o autor identificado como Mário Ferreira dos Santos assassinou sua amante Elisângela Maria Barbosa, no interior de um bar chamado Ciganas Bar, localizado no Conjunto Sagrada Família, na periferia de União dos Palmares.

De acordo com as informações policiais, na ocasião o criminoso desferiu um golpe de faca no pescoço da vítima, à traição, sem a menor chance de defesa para Elisângela, por motivos passionais e no contexto de ser a vítima do sexo feminino.

O autor convivia com a vítima há aproximadamente um ano e oito meses, sendo que há sete meses descobriu que Elisângela era garota de programa e tinha um marido, que se encontra atualmente no estado de Minas Gerais.

Criminoso e vítima haviam combinado de se encontrarem às 19h, no bar onde o crime ocorreu, sendo que a vítima chegou acompanhada de um terceiro indivíduo. Ao ver a cena, o autor lhe pediu um beijo e a vítima negou-se a lhe dar. Nesse momento, o criminoso puxou uma faca que estava em sua cintura, desferiu um golpe no pescoço da vítima, atingindo-a fatalmente e falou de forma estarrecedora: “eu sou um homem meu amor”. Após o crime Mário Ferreira evadiu-se de sua residência levando com ele sua companheira, pessoa com quem mora, escondendo-se na zona rural, escapando ao flagrante.

Três dias após o crime, ele compareceu à Delegacia Regional de União dos Palmares apresentando-se espontaneamente para dar sua versão sobre o fato criminoso, alegando  que a vítima estaria planejando o seu assassinato. Segundo ele, o mesmo já havia esgotado todos os seus recursos financeiros e naquele ato, a vítima estaria com aquele terceiro indivíduo para concluir o plano de matá-lo.

Ocorre que, de forma célere, já havia sido instaurado inquérito para apurar o caso, o qual já se encontrava em estado avançado de investigação, inclusive com a identificação do autor e com uma representação formulada pedindo sua prisão preventiva.

A prisão do acusado foi decretada e cumprida pela Polícia Civil de União dos Palmares.

O Delegado Regional Valter Nascimento Rocha, também destacou o apoio e empenho do Poder Judiciário e Ministério Público de União dos Palmares, para a prisão do criminoso.

VEJA MAIS

Operação Echo desvenda esquema de roubo e falsificação de documentos e veículos; 22 pessoas foram presas

Vanessa Siqueira (Ascom/SSP)

Polícia Civil prende homem condenado por agredir a esposa

ASCOM-PC

Polícia Civil prende homem acusado de estupro de vulnerável em Teotônio Vilela

ASCOM-PC