23 C
Maceió, BR
| 21 de janeiro de 2020 |
Delegacia Geral – Polícia Civil de Alagoas

Operação Encruzilhada frustra assalto a comerciante e prende quatro pessoas em Maceió

Detalhes da ação policial foram divulgados em coletiva na sede da SSP (Fotos: ASCOM/PC
Print Friendly, PDF & Email

Uma operação integrada, entre as Polícias Civil e Militar, desarticulou um grupo criminoso e frustrou um assalto a um comerciante da Central de Abastecimento (Ceasa), localizada no bairro da Forene, em Maceió. Os detalhes da ação foram repassados à imprensa durante coletiva, realizada nesta sexta-feira (10), na sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

A ação teve participação do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) e do Tático Integrado de Grupos de Resgate Especiais (TIGRE).

O comandante do Bope, da Polícia Militar de Alagoas, Major César Monte, explicou que a ação teve início com uma denúncia anônima recebida, que indicava que um comerciante estaria sendo monitorado pelos criminosos para que em determinado momento fosse surpreendido e assaltado.

“O comerciante fazia sempre muitos depósitos de altas quantias em agências bancárias. Então esse grupo criminoso estava observando essa movimentação para realizar um assalto. Recebemos a denúncia anônima e juntamente com as equipes da Deic, nos dirigimos até a Ceasa e conseguimos interceptar os criminosos e evitar o assalto”, explicou o oficial.

O coordenador da Deic, delegado Fábio Costa, disse que o grupo se dividiu em suas partes e o líder estava em um veículo dentro da Central de Abastecimento observando toda a movimentação do comerciante e repassando as informações aos demais criminosos, que estavam em outro veículo do lado de fora.

“Quando chegamos ao local e observamos a movimentação, decidimos abordar o veículo indicado na denúncia e demos ordem de parada. Eles tentaram fugir e atiraram contra as equipes. Nós nos defendemos e revidamos ao injusto ataque. Três indivíduos foram feridos e levados ao Hospital Geral do Estado, mas acabaram vindo a óbito. Dois policiais foram feridos levemente com estilhaços, já que nossa viatura foi atingida pelos disparos dos criminosos, mas nossos policiais estão bem”, contou Fábio Costa.

O diretor da Deic também disse que dois dos criminosos que vieram a óbito eram naturais do estado de Pernambuco e vieram a Maceió para cometer o crime. Ambos tinham passagem pela polícia por diversos crimes. O outro baleado e que morreu era alagoano e possuía passagem pelo sistema prisional.

“Nossa ação tentou evitar que uma tragédia ocorresse, que o comerciante, pessoas que atuavam em sua segurança e até inocentes morressem caso estes criminosos conseguissem efetuar o assalto”, completou.

Uma quarta pessoa se entregou durante a ação policial e a polícia tenta agora identificar um quinto envolvido no caso, que fugiu.

Com os criminosos, foram apreendidas três pistolas, um revólver calibre 38 e os dois veículos utilizados na ação, um Fiesta e um Ágile.

Delegado Fábio Costa explica que operação evitou assalto na região da Ceasa

VEJA MAIS

Polícia Civil prende dois homens e apreende droga sintética em Maceió

ASCOM-PC

PC prende idoso em flagrante por estupro de menina de 11 anos

ASCOM/PC

Polícia Civil prende falsa advogada acusada de lesar idosos em Alagoas

ASCOM/PC