Matéria

Polícia Civil alerta sobre golpe do falso seqüestro

Crime volta durante pandemia e principais vítimas são os idosos

por: ASCOM-PC| Data e hora da publicação: 26/06/2020 - 12:16| Visualizações: 185 Whatsapp
imagem da materia

O delegado José Carlos Santos, coordenador da Seção Antissequestro, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), da Polícia Civil, faz um alerta em relação a um golpe já praticado em Alagoas e que reapareceu durante a pandemia do Covid-19:  o do falso sequestro. A Deic já registrou e está investigando, pelo menos, quatro casos ocorridos no estado desde o mês de maio.

O delegado José Carlos revela que as vítimas, geralmente idosos, recebem a informação de que um parente foi sequestrado e é necessário que seja feito um pagamento para que essa pessoa seja liberada.

Conforme já foi apurado, os criminosos ligam geralmente no final da madrugada, início da manhã, quando as pessoas normalmente estão dormindo, e dizem que estão com um parente, na maioria filho ou neto, que está em cativeiro e que querem dinheiro. “No desespero e sem conseguir contato com os parentes, as pessoas acreditam e ficam desesperadas, não prestam atenção nas informações que são passadas, infelizmente caindo em um golpe desses", explica o delegado.

Segundo José Carlos, o golpe voltou com outra configuração, que é a participação de um suposto taxista para recolher o dinheiro. "Agora, há também a participação de um suposto taxista, que passa na casa da vítima para recolher o dinheiro do pagamento para a 'liberação' do parente que estaria sequestrado", diz o delegado.

A Polícia Civil orienta que os parentes conversem com os idosos que moram sozinhos para que eles não atendam a ligações de números desconhecidos ou não identificados durante a madrugada, e, caso atendam, tentar contato com os parentes por qualquer outro meio.

"A gente pede que filhos e netos orientem os idosos, em especial aqueles que moram sozinhos a não atenderem essas ligações durante a madrugada, e se atender e o assunto for sequestro, que a pessoa esteja atenta, tente desligar para checar se o parente está bem", diz o delegado.

A Polícia Civil pede que, se alguém tiver alguma informação sobre esse tipo de golpe, que passe através do disque denúncia, no número 181, procure a Deic ou uma Delegacia.

 

© 2020 Polícia Civil de Alagoas

Menu

Social Media