Matéria

Delegado-geral dá posse a diretores da Polícia Civil de Alagoas

por: ASCOM-PC| Data e hora da publicação: 24/05/2022 - 15:48| Visualizações: 551 Whatsapp
imagem da materia

A Polícia Civil de Alagoas deu posse aos diretores da gestão diretiva que assumiu a partir da eleição do governador Paulo Dantas. A solenidade foi realizada na manhã desta terça-feira (24) no auditório da instituição, no bairro de Jacarecica, com as presenças do secretário de Segurança Pública, Flávio Saraiva, e do delegado-geral Gustavo Xavier que empossaram esta diretoria.

Os diretores que assumem são os delegados: Eduardo Mero, delegado-geral Adjunto; Kátia Emanuelly, superintendente de Planejamento, Orçamento, Finanças e Contabilidade; Carlos Reis, Gerência de Estatística, Informática e Armas (Geinfo); Fabrício Nascimento, Corregedoria Geral de Polícia Civil; Filipe Caldas, Gerência de Recursos Especiais (GRE/DEIC); Antônio Carlos Lessa, Gerência da Academia de Polícia Civil de Alagoas (Gapocal); Lucimério Campos, Gerência de Polícia Judiciária da Região 1 (GPJ-1); Mário Jorge Barros, Gerência de Polícia Judiciária da Região 2 (GPJ-2); Alexandre Leite, Gerência de Polícia Judiciária da Região 3 (GPJ-3), Rubens Martins, Gerência de Polícia Judiciária da Região 4 (GPJ-4).

O secretário Flávio Saraiva disse que considera sua indicação para a Secretaria de Segurança como mais uma missão, e que seu grande desafio será manter Alagoas como lugar seguro. Disse que entre suas metas está a redução ainda maior dos índices de criminalidade, inclusive os de homicídios, como também a melhoria dos serviços prestados em favor da sociedade, a exemplo da agilização dos registros de Boletins de Ocorrência (BOs), implantação do “Nada Consta Digital” e de um banco de dados de celulares roubados.

Flávio Saraiva afirmou que pretende incrementar a proteção à mulher e aos grupos vulneráveis, anunciando que já por esses dias os crimes de feminicídios passaram a ser investigados pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). Ressaltou ainda o trabalho executado pelo ex-delegado-geral Carlos Reis, em favor da Polícia Civil alagoana.

O delegado-geral Gustavo Xavier, em seu pronunciamento, afirmou que o trabalho da instituição será voltado ao atendimento dos anseios da sociedade. Ressaltou as ações realizadas pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), que dirigiu nos últimos três anos, e destacou também a importância da base – agentes e escrivães – para o sucesso das ações da instituição.

Ele anunciou a criação de uma Gerência de Inteligência, na estrutura da Polícia Civil, com vistas à melhoria do trabalho de investigação.

“Vamos trabalhar para a redução ainda maior da criminalidade no Estado e investir na assistência a projetos sociais”, salientou.

Ao fazer uso da palavra, o subprocurador de Justiça, Sérgio Jucá, do MPAL, destacou a indicação do delegado Flávio Saraiva para a Secretaria de Segurança Pública e exortou às forças de segurança para uma união com o Ministério Público para que seja prestado um serviço eficiente à sociedade.

Compareceram também à solenidade: o presidente do Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg), Maurício Breda; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Amorim; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Jacques Wolbeck; secretário Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social, Cayo Rodrigues; promotora do Controle Externo da Atividade Policial do Ministério Público, Karla Padilha, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Alagoas, Vagner Paes, coronel EB João Paulo, que representou o comandante do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado, entre outras autoridades.    

     

Galeria da matéria

  • ...
  • ...
  • ...
  • ...
  • ...
  • ...
  • ...
  • ...
  • ...
  • ...

© 2020 Polícia Civil de Alagoas

Menu